Comunicação EXIBIDO EM 8 de setembro de 2015

Junte o premiado chef de cozinha Felipe Bronze, a escritora e ex-acompanhante internacional Vanessa Oliveira, o produtor português Hugo Nóbrega direto da terrinha, o garçom Raimundo Nonato e a turista belga fofa Rachel, misture tudo e ligue as câmeras. Deixe rolar e você vai ter a receita para se comunicar com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, em qualquer língua, no idioma universal do bom-humor.

Falando outra língua

Porta Afora - Comunicação

Junte o premiado chef de cozinha Felipe Bronze, a escritora e ex-acompanhante internacional Vanessa Oliveira, o produtor português Hugo Nóbrega direto da terrinha, o garçom Raimundo Nonato e a turista belga fofa Rachel, misture tudo e ligue as câmeras. Deixe rolar e você vai ter a receita para se comunicar com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, em qualquer língua, no idioma universal do bom-humor.

Não tenha vergonha de usar tradutor online porque cardápio é complicado. -Rosana Hermann

Convidados Porta Afora

O brasileiro só não tá acostumado com o terrorismo. Com o resto ele tá com tudo. -Ricardo Freire

O melhor é a mímica misturado com o sotaque. -Felipe Bronze

Vocês já ouviram falar da máquina de anal giratório? -Vanessa de Oliveira

SOBRE OS CONVIDADOS

Felipe Bronze

Chefe de cozinha. Quando foi fazer faculdade de gastronomia, falava inglês, mas não sabia termos técnicos e nem tinha vocabulário suficiente. Até hoje ainda tem alguma dificuldade com esses termos.

Vanessa Oliveira

Escritora e ex-garota de programa. Não fala outra língua, mas tem pinta de quem fala e as recepcionistas de hotel sempre a indicavam. Dependendo do cliente, ela já sabia mais ou menos o que ele queria na cama e aprendeu algumas frases tipo “do you wantch tcho guéls?” e “it cost tcho zirow zirow”. Ficou com um árabe que orava sempre antes do sexo e ela se comunicava com ele às vezes por translator.

Os homens emitem sinais daquilo que eles querem sem precisar falar. -Vanessa de Oliveira

Hugo Nóbrega

Produtor. É de Lisboa – Portugal, trabalha com brasileiros e não dá pra entender o que ele fala.

Raimundo Nonato

Garçom. Fala um pouco de espanhol e um pouco de inglês.

Rachel Fremaux

Viajante. É belga e veio para o Brasil fazer intercâmbio.

GALERIA

COMENTÁRIOS

PATROCÍNIO

APOIO

SPOLETO - IMAGINARIUM